WikiBrands: sim, há algo novo sobre Marcas e Clientes.

Don Tapscott. Esse é o cara que juntou Estratégia Corporativa e Transformação Organizacional interligados com Cultura Digital, Web 2.0 e Geração Internet. Essas são as competências centrais de Don Tapscott, um famoso autor, escritor, pesquisador, palestrante e consultor especializado. Já publicou vários livros, estudos e pesquisas. Além disso, Don também organiza e fomenta novos estudos[…]

O dilema “Burocracia X Colaboração” e a adoção do Internal Branding.

1 – “Burocracia X Colaboração”: as empresas vivem esse dilema há séculos. Quando as empresas crescem e se espalham geograficamente com mais unidades, filiais, regionais ou mesmo com lojas, passam a atuar com quantidades mais expressivas de pessoas, de funcionários contratados ou, como se diz mais modernamente, com mais colaboradores. Com esse crescimento, as relações[…]

O Marketing antigo de Kotler e a participação de mercado.

1 – Participação de Mercado: um conceito do Marketing antigo. Para os profissionais de marketing, o conceito de Participação de Mercado foi uma evolução. Com ele era possível medir a fatia de mercado “pertencente” a empresa. Em inglês, o termo Market share (termo mais comum no Brasil), ou pela tradução literal do inglês “quota de mercado”[…]

Branding de Conformação X Branding de Transformação.

1 – Manual da Marca: a peça-chave do Branding de Conformação ou de Conformidade. As vezes me perguntam sobre o tal do manual da Marca e respondo que existem dois tipos muito distintos desse tipo de Manual, cujos propósitos são também distintos. O tipo mais antigo que surgiu foi o Manual de Identidade Visual da[…]

Branding, tudo junto e misturado: Bob Dylan, Prêmio Nobel, Literatura e Editora Abril.

1- Bob Dylan compôs muitas canções relevantes e escreveu poucos livros (irrelevantes). Parece que Bob Dylan escreveu e publicou um ou outro livro, mas sem relevância para a Literatura. O mais conhecido deles é TARÂNTULA, que foi na verdade um panfleto típico da contracultura dos anos 60, que era vendido não em livrarias, mas nas[…]

Empresas são MARCAS que criam valor e riqueza para a Sociedade e para o Planeta

1-Uma empresa é uma organização humana e um ativo da sociedade. As organizações de seres humanos evoluíram desde os bandos e tribos dos tempos pré-históricos. Hoje temos uma infinidade de tipos de ORGANIZAÇÕES Humanas, como:  Empresas (as Micro, Pequenas, Médias e Grandes e até as Corporações Multinacionais),  ONGs, Associações, Entidades Filantrópicas e “Pilantrópicas,  Partidos Políticos[…]

Valor Intangível, Branding e maior VALOR DE MERCADO

1- A Brookings e seus estudos sobre o crescimento dos Intangíveis e a grande mudança no Valor de Mercado A The Brookings Institution é uma instituição centenária internacional dedicada à ciências econômicas, políticas, sociais, empresariais e governamentais. Hoje, mantém programas de Pesquisas, Publicações, Eventos e Educação Executiva de Relevância Internacional nos temas: Economia e Negócios,[…]

SETE GIGANTES DO BRANDING: CONHEÇA OS MAIORES MESTRES DO BUSINESS BRANDING

1- O Branding nasceu na década de 20, do século XX, pelas mãos do Primeiro grande Mestre, Aldred Sloan Jr. Branding, para muitos, é uma disciplina que nasceu nos anos 80/90 do século XX, mas quem quiser estudar a história dos negócios vai descobrir que a primeira Arquitetura de Marcas nasceu nos anos 20, quando[…]

As 3 tarefas executivas de Branding e os grandes CEOs da GE

1- Meu amigo Robert Lauterborn da Universidade da Carolina do Norte. Meu amigo Robert Lauterborn trabalhou no departamento de Marketing da GE há muitos anos. Ele contou-me sobre um episódio ocorrido lá, onde Jack Welch, então apenas um gerente, esbravejou com um fornecedor dizendo-lhe: – “Não vá ferrar a nossa marca. Respeite a nossa história[…]

Os 4 Es: as 4 Responsabilidades executivas de Branding, do CEO e da alta-gerência.

Alguns fatores foram determinantes para o crescimento do marketing no século passado, especialmente nos anos 50, 60 e 70. Nos anos 80, ao lado do Marketing, surgiu conceito de Branding que, para alguns, era uma nova especialidade dentro do universo do Marketing, mas que, para outros, seria uma nova forma de gestão que inclusive modificaria[…]

Ler bons livros de negócios é como trocar ideias com grandes autores.

1- Os Livros de negócios e meus diálogos com grande autores. Gosto muito de ler livros. Especialmente livros práticos e livros de negócios, pelo que eles ensinam sem ter a pretensão de serem donos da verdade. Por isso, não perco muito tempo com livros teóricos e acadêmicos, aqueles que afirmam a verdade absoluta das coisas.[…]

Erros em Branding B2B: SAMARCO, MANNESMANN e outros.

A Mannesmann jogou sua história na lata do lixo. Mas a SAMARCO fez isso de um jeito pior… “Quem aqui sabe o  que faz a Mannesmann?”  É uma pergunta que tenho feito em palestras e até em reuniões e encontros profissionais. Pouca gente sabe o que ela faz? Alguns dizem: “é uma empresa industrial”. E[…]

Bauducco ensina porque FABRICANTES devem entrar logo no VAREJO

1- Bauducco, depois de 60 anos como FABRICANTE, entra no VAREJO… Depois de 60 anos de sucesso em produtos de consumo, vendidos em supermercados, a Bauducco decidiu fazer a VAREJIZAÇÃO de sua Marca. Depois de 60 anos de sucesso com as suas embalagens amarelinhas e com uma enorme diversidade de Produtos, a Bauducco decidiu VAREJIZAR[…]

Os 4 Cs de Marketing: o conceito de Robert F Lauterborn, dos anos 90

Na busca para contratar um jovem profissional de atendimento, entrevistei um rapaz que estava terminando a faculdade, um curso “superior” no SENAC. Um rapaz muito bem informado, com um bom berço cultural, boa desenvoltura em exposição e argumentação. Fiquei bem impressionado porque vi uma pessoa acima da média. Então perguntei-lhe sobre como ele via o[…]

David A. Aaker e a Arquitetura de Marcas dos anos 80 e 90

Quase toda literatura sobre Branding surge nos anos 80 e 90 sendo que David A. Aaker, um professor e consultor americano nascido em 1938, foi o teórico de maior destaque. O professor Aaker escreveu muitos artigos sobre Branding nos anos 80 em seguida publicou vários livros: 1)- Managing Brand Equity, em 1991; 2)- Building Strong[…]